Coronariopatia

Alopurinol não ajuda a prevenir eventos cardiovasculares na DAC crônica

Escrito por Humberto Graner

Esta publicação também está disponível em: Português

O estudo ALL-HEART1, apresentado no Congresso Europeu de Cardiologia de 2022, falhou em demonstrar  redução de eventos cardiovasculares com alopurinol na DAC  crônica.

 

O que diziam as evidências:

  • Estudo menores já revelavam que o alopurinol reduzia o risco de doença aterosclerótica, provavelmente devido aos seus efeitos sobre radicais livres de oxigênio e na função endotelial.
  • Na angina estável, o alopurinol aumenta o tempo médio para depressão do segmento ST, tempo para dor torácica e tempo total de exercício no teste de esforço2.
  • Em outro estudo observacional, a medicação pareceu reduzir AVC e eventos cardiovasculares isquêmicos em pacientes com hipertensão arterial. (Veja mais https://d3gjbiomfzjjxw.cloudfront.net/alopurinol-tem-o-potencial-de-reduzir-o-risco-cardiovascular/)
  • No entanto, faltavam dados de ensaios clínicos randomizados com desfechos “duros”.

 

Como foi o estudo:

  • Ensaio multicêntrico, prospectivo, randomizado, duplo-cego, conduzido no Reino Unido.
  • Foram incluídos 721 pacientes com idade 60 anos e portadores de DAC. A idade média foi de 72 anos, e 75% eram homens. Eles foram randomizados para receberem alopurinol 600mg/dia (ou 300mg se DRC leve a moderada), ou placebo, além do tratamento padrão guiado por diretrizes.
  • Foram excluídos pacientes com história de gota, insuficiência renal grave (TFGe <30ml/min), IC sintomática moderada a grave (NYHA III-IV), e doença hepática grave.
  • Os pacientes foram acompanhados por 4,8 anos, em média.

 

E quais foram os principais resultados?

  • O desfecho primário composto (morte cardiovascular, infarto do miocárdio não-fatal ou AVC não-fatal) foi similar entre os dois grupos.
  • Também não houve diferença em nenhum dos desfechos secundários, e a análise de subgrupos não apontou nenhuma característica que pudesse ter feito diferença.
  • Interessantemente, 9% dos pacientes do grupo alopurinol abandonaram o estudo (contra apenas 2,6% no grupo placebo), e mais de 57% dos pacientes do grupo tratamento interromperam a medicação.

 

Comentários:

  • O ALL-HEART foi o primeiro e único grande estudo randomizado que analisou o efeito do alopurinol em desfechos cardiovasculares “duros” na DAC crônica, e deve ser a resposta definitiva neste cenário.
  • Estes resultados sinalizam (como em estudos prévios), que é cada vez mais difícil apostar unicamente na capacidade antioxidante de certas medicações, quando o paciente já faz uso de uma combinação de drogas eficientes em mudar a história natural da doença.
  • A conclusão dos próprios autores endossa que o alopurinol não deve ser recomendado para prevenção secundária de eventos na DAC crônica. Embora outros caminhos possam ser explorados no futuro, como, por exemplo, uma população mais jovem e com aterosclerose ainda incipiente.

 

REFERÊNCIAS:

1- Apresentado pela Dra. Isla Shelagh Mackenzie no Congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC 2022), Barcelona, ​​Espanha, 27 de agosto de 2022.

2- Noman A, Ang DS, Ogston S, Lang CC, Struthers AD. Effect of high-dose allopurinol on exercise in patients with chronic stable angina a randomised, placebo controlled crossover trial. Lancet. 2010; 375(9732): 2161-7. https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(10)60391-1/fulltext

 

Banner Atheneu

Banner Atheneu

Banner Atheneu

Banner ECG

Deixe um comentário

Sobre o autor

Humberto Graner

Co-Editor do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Medicina Intensiva
Professor das Faculdades de Medicina da UFG e UniEvangélica (Goiás)
Doutor em Ciências pelo InCor-HCFMUSP
Fellowship em Coronariopatias Agudas pelo InCor-HCFMUSP
Coordenador do Pronto Atendimento do Hospital Israelita Albert Einstein - Unidade Goiânia (GO)
Pesquisador da ARO (Academic Research Organization) - Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo (SP)

Deixe um comentário

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anúncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site