Lípides

O que fazer diante de hipertrigliceridemia grave?

Escrito por Elaine Coutinho

Esta publicação também está disponível em: Português

As hipertrigliceridemias (HTG) são definidas como elevações superiores a 150 mg/dl, mas são consideradas graves quando superiores a 1000 mg/dl. Sua etiologia pode ser primária, ou seja, genética – relacionada a elevação de quilomícrons (tipo I), VLDL (tipo IV)  ou ambos (tipo V).

Entretanto, o mais comum é a forma secundária,  relacionada a obesidade, diabetes descompensado, medicações (corticóides, antirretrovirais), álcool, síndrome nefrótica.

Qual a preocupação diante de uma hipertrigliceridemia grave?

O desenvolvimento de pancreatite. Isso porque ocorre hidrólise dos triglicérides em ácidos graxos livres pelas lipases pancreáticas. Assim, ocorre lipotoxicidade direta dos ácidos graxos e radicais livres, com lesão das células pancreáticas e atividade inflamatória intensa.

Qual a conduta diante de uma hipertrigliceridemia grave?
  • Dieta – É crucial restringir a gordura dietética para ≤10 a 15% (de preferência <5%) do total de calorias com o objetivo de reduzir o nível de TG para <1000 mg/dL. Em níveis de TG em jejum >500 a 1.000 mg/dL a depuração dos quilomícrons torna-se mais lenta, de modo que os quilomícrons da refeição da noite anterior ainda podem estar circulantes até o próximo dia em jejum. Isso facilita o acúmulo de quilomícrons TG derivados da gordura da dieta, levando a um risco de pancreatite e outras manifestações de quilomicronemia em jejum.
  • Não ingerir álcool
  • Avalie e trate os níveis de LDL-C – Embora o objetivo principal da terapia de redução do LDL-C seja reduzir o risco de doença cardiovascular, a maioria dos medicamentos para redução do LDL-C também reduz os níveis de TG em jejum. Estatina de alta intensidade podem reduzir os níveis de TG em 25-30% se TG<400 mg/dL até 40% se TG 800 mg/dL.
  • Introdução de fenofibrato – entretanto, quando o nível de TG é >1.000 mg/dL, os medicamentos usados para diminuir os TG têm eficácia limitada. Esses agentes atuam principalmente reduzindo a síntese e secreção hepática de TG como VLDL-TG e, portanto, são relativamente ineficazes quando o nível de TG está gravemente elevado.

 Boa notícia! A redução do nível de TG com restrição rigorosa de gordura na dieta ocorre rapidamente em alguns dias e então, a terapia medicamentosa com os fibratos passa a ter mais efetividade.

E se meu paciente estiver com pancreatite secundária a HTG?

Este é um assunto para o próximo post!

 

Referência

UpToDate. Hypertriglyceridemia in adults: Management. Acesso em 21 de julho, 2023.

Banner Atheneu

Banner Atheneu

Banner Atheneu

Banner ECG

Deixe um comentário

Sobre o autor

Elaine Coutinho

Deixe um comentário

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anúncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site