Manchetes da Semana Prevenção

Novidades sobre Semaglutida Oral para pacientes com Obesidade

Escrito por Humberto Graner

Esta publicação também está disponível em: Português

Novos dados sobre agonistas do receptor GLP-1 podem ser altamente relevantes para nós, cardiologistas, no que diz respeito tratamento da obesidade de nossos pacientes, mesmo que não tenham diabetes. Uma formulação oral de semaglutida aprovada recentemente no Brasil  (3 mg, 7 mg ou 14 mg por dia) é indicada para pacientes com diabetes tipo 2, independente de obesidade. Mas não se sabe se uma dose oral ainda maior – 50 mg uma vez ao dia – poderia ser eficaz para perda de peso. Publicado no Lancet e apresentado no congresso americano de diabetes (ADA 2023), o OASIS-1 demonstrou que a semaglutida oral 50 mg, administrada diariamente, levou a uma redução superior e clinicamente significativa no peso corporal de adultos com sobrepeso ou obesidade, mas SEM diabetes tipo 2.

O que foi o estudo OASIS-1?

Trata-se de um ensaio clínico randomizado, multicêntrico, placebo-controlado, de fase 3, que incluiu adultos com um índice de massa corporal de no mínimo 30 kg/m2, ou de pelo menos 27 kg/m2 com complicações e comorbidades relacionadas ao peso corporal. No total, 667 participantes foram randomizados para receber semaglutida oral 50 mg ou placebo uma vez por dia durante 68 semanas, complementado com intervenção de estilo de vida. A semaglutida foi iniciada com dose de 3 mg, e aumentada a cada 4 semanas (ou mais, conforme necessário) para atingir a dose de manutenção de 50 mg na semana 16.

Os resultados foram impressionantes. Ao longo das 68 semanas, a mudança média estimada no peso corporal foi de -15,1% para o grupo da semaglutida e -2,4% para o grupo placebo. E ainda, comparado com placebo, no grupo semaglutida mais participantes atingiram reduções de pelo menos

  • 5% do peso corporal (85% versus 26%; odds ratio 12,6),
  • 10% do peso corporal (69% versus 12%; odds ratio 14,7),
  • 15% do peso corporal (54% versus 6%; odds ratio 17,9), e
  • 20% do peso corporal (34% versus 3%; odds ratio 18,5).

O perfil de segurança esteve de acordo com o observado na classe de agonistas do receptor GLP-1 como um todo, como observaram os autores. Mais pacientes com semaglutida relataram eventos adversos gastrointestinais, incluindo náuseas, doença do refluxo gastroesofágico e dispepsia, com eventos ocorrendo tipicamente no período de aumento da dose.

Os autores concluem que a semaglutida oral 50 mg tem potencial para ser uma opção futura eficaz para pacientes com sobrepeso ou obesidade que poderiam se beneficiar de um agonista do GLP-1. Esses resultados podem ter implicações importantes na forma como abordamos a questão do controle do peso em nossos pacientes.

Perspectivas

Até onde sabemos, este foi o primeiro estudo a avaliar o efeito de redução do peso corporal de um análogo oral do peptídeo-1 semelhante ao glucagon (GLP-1) em adultos com sobrepeso ou obesidade, mas sem diabetes tipo 2. Além disso, ressalta a importância dos agonistas do receptor GLP 1 não apenas para pessoas diminuírem suas medidas,  mas também têm outros efeitos metabólicos positivos que podem melhorar a saúde e os riscos cardiovasculares.

Por exemplo,  houve redução da pressão arterial (sistólica e diastólica), do LDL-colesterol e triglicérides, dos níveis glicêmicos, e da proteína C-reativa nos pacientes em uso de semaglutida, em comparação com  estudo versus placebo. Isso não é o mesmo que reduzir desfechos duros, mas é um bom começo!

Mas atenção!

Cuidado! Esta é uma dose nova, não disponível comercialmente, nem indicada ainda. Por isso, até mais análises exploratórias e endosso pelas autoridades regulatórias, RECOMENDAMOS a prescrição de semaglutida oral na dose máxima de 14mg.

Para Saber Mais

Referência

Knop FK, Aroda VR, do Vale RD, Holst-Hansen T, et al; for the OASIS 1 Investigators. Oral semaglutide 50 mg taken once per day in adults with overweight or obesity (OASIS 1): a randomised, double-blind, placebo-controlled, phase 3 trial. Lancet. 2023 Jun 23:S0140-6736(23)01185-6. doi: 10.1016/S0140-6736(23)01185-6. Epub ahead of print. 

Banner Atheneu

Banner Atheneu

Banner Atheneu

Banner ECG

Deixe um comentário

Sobre o autor

Humberto Graner

Co-Editor do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Medicina Intensiva
Professor das Faculdades de Medicina da UFG e UniEvangélica (Goiás)
Doutor em Ciências pelo InCor-HCFMUSP
Fellowship em Coronariopatias Agudas pelo InCor-HCFMUSP
Coordenador do Pronto Atendimento do Hospital Israelita Albert Einstein - Unidade Goiânia (GO)
Pesquisador da ARO (Academic Research Organization) - Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo (SP)

Deixe um comentário

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anúncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site